quarta-feira, outubro 14

O que significa taxa selic?

Taxa Selic é uma abreviação para Sistema Especial de Liquidação e Custódia.

É uma taxa usada por bancos e instituições financeiras para financiamentos diários e é lastreada em títulos federais públicos.

Selic é a taxa de juros mais importante do mercado financeiro nacional, serve como referência para toda economia.

Você sabe ao certo o que é e como ela pode causar um grande impacto na sua vida?

Iremos implificar para o que serve a taxa selic

Como a Selic é definida?

O anúncio da Selic é feito pelo Copom, o Comitê de Política Monetária, do Banco Central do Brasil, que é quem control a emissão, compra e venda de títulos, então quando ouvimos nos noticiários que a Taxa Selic foi alterada, é porque o Copom se reuniu e anunciou a mudança.

O valor da taxa é calculado por meio da média ponderada dos juros que estão sendo aplicados por bancos e instituições financeiras, existindo dois tipos de Taxas Selic:

Taxa Selic Over:

  • Esta taxa é usada quando um banco realiza um empréstimo com outro banco e utiliza títulos públicos como garantia de pagamento

Taxa Selic Meta

  • Esta é noticiada quase todos os dias nos jornais e tende a ser a menor taxa de juros de toda a economia, além disso esta serve como base para diversos tipos de investimentos de renda fixa, como por exemplo:
    • Tesouro Direto
    • CBD (Certificados de Depósito Bancário)
    • LCA (Letra de Crédito para o Agronegócio)
    • LCI (Letra de Crédito Imobiliário)

Poque a Taxa Selic é alterada?

A Selic é o principal instrumento de política monetária utilizada pelo banco central para principalmente auxiliar no controle da inflação.

Vamos pensar da seguinte forma:

Quando a taxa sobe, os juros, aqueles ligados a cartão de crédito, empréstimo, financiamento, eles sobem também, e isso ajuda a desestimular o consumo na economia, porque?

Poque o custo de captação dos bancos muda, ele cresce, fica maior.

Então se há menos pessoas a consumir, existirá um estímulo à queda da inflação.

Agora quando este cenário muda e há uma queda na inflação, o Banco Central pode cortar as taxas de juros, o que acaba por deixar os emprestimos mais baratos.

Porém a reversão de um cenário como este poderia acontecer se a capacidade produtiva do nosso país estivesse além do considerado normal, do considerado equilibrado, visto que as empresas teriam de elevar os preços, devido a demanda estar além da capacidade normal, a demanda por bens e serviços.

Neste cenário, o Banco Central poderia sim intervir e elevar novamente as taxas de juros, e vice-versa, quando a demanda está muito baixa, abaixo da capacidade produtiva do páis, a inflação tende a cair fazendo com que o Banco Central possa voltar a intervir e baixar as taxas de juros.

Como saber quando a Taxa Selic é alterada?

A Selic é alterada pelo Copom, que é um grupo da direção do Banco Central.

Este grupo reúne-se em média a cada 45 dias, ou para manter ou para alterar a taxa de juros.

As reuniões começam num dia e são concluídas no dia seguinte, normalmente acontecem numa terça e quarta-feira.

Se reunem tanto para discutir a nossa economia, a economia doméstica, quanto também para discutir o cenário internacional.

Qual diferença a taxa selic faz no seu bolso?

A influência da taxa selic na vida de cada pessoa depende muito do perfil financeiro de cada um.

Quem investe muito em renda fixa, que aplica grande parte do seu capital em renda fixa, acaba por sofrer bastante com a diminuição da Selic por exemplo, visto que o rendimento irá cair bastante.

Share.

About Author

Leave A Reply