sexta-feira, outubro 16

Você ja se perguntou para o que serve o CPF na nota e se realmente vale a pena? Ou como funciona?

O CPF na nota é basicamente um programa criado pelo governo em 2007 para combater a sonegação de impostos no Brasil.

Dois pontos de vista se vale a pena ou não por o CPF na nota:

Primeiro:

Primeiramente para os consumidores (nós) recebemos de volta até 30% do imposto recolhido pelos comerciantes, estabelecimentos então é bacana.

Assim como para os estabelecimentos comerciais existem vantagens ligadas a burocracia, por que será que o governo faz isso?

Dessa forma para o governo é uma conta positiva, mesmo ele devolvendo uma parte para o contribuinte ele consegue combater a sonegação e com isso ele arrecada mais.

Nesse sentido é valido lembrar que você precisa tomar alguns cuidados, o principal deles é que você não vai receber esse dinheiro na hora, demora um certo tempo para você receber.

Todavia existem pessoas que se perguntam: “o governo vai ficar sabendo de tudo o que eu faço? então eu prefiro nem lançar o CPF na nota”, “nem pedir pro estabelecimento colocar meu CPF”, “qual a finalidade”?

Com a finalidade de controlar o consumo do estabelecimento, para garantir que o estabelecimento esta de fato registrando todas as operações.

Nesse sentido é óbvio que não da pra dizer que agora ele não vai ter acesso as suas informações.

Segundo

Vale a pena pedir aquela nota fiscal naquela conta do restaurante que você foi com os amigos do trabalho em 10 pessoas e  colocou tudo no seu nome?

No entando isso não é recomendado, por mais que gere alguns créditos a mais, porque obviamente é como se você estivesse comprovando que toda essa compra foi feita por você e as vezes ela não foi, tome cuidado com isso.

Como consultar cpf na nota?

Para ter acesso aos seus extratos basta você pesquisar na internet o site da nota fiscal de sua região,  lembrando que cada região tem o seu sistema de notas ex:

Paraná
Minas Gerais
Mato Grosso

Alguns pontos do cadastro:

  • Ao acessar, se for a primeira vez você vai precisar se cadastrar com seu CPF.
  • Assim que conseguir acessar com seus dados você ira encontrar  todos os extratos de seus gastos e as informações de cada estabelecimento.
  • Em cima de todos esses gastos rola um cálculo e tem um valor de volta que você pode sacar.

Para sacar o valor que você recebeu de volta do CPF na nota basta você cadastrar os dados de sua conta bancária, lembrando que esta conta tem que estar no nome do titular do mesmo CPF, após cadastrar você escolhe o valor que quer sacar, confirma e pronto, em alguns dias o dinheiro estará na sua conta.

Viu só, muito simples,  peça seu CPF quando você tiver uma conta relevante e em algum momento inesperado você vai ganhar um dinheirinho, ai você pode fazer o que quiser com o dinheiro, pode ate investir pra que renda extra!

Se você paga seus empréstimos e contas em dia e quer saber mais sobre cadastro positivo, clique aqui

Share.

About Author

Leave A Reply